O uso puro de matérias primas in natura com finalidade cosmética é uma moda recente no Brasil, por mais que já seja uma prática mais comum na Europa e nos EUA. A manteiga de Karité e o Óleo de Argan talvez sejam as duas matérias primas mais apreciadas pela comunidade da cosmética natural de alta performance. 

Com isso em mente, aqui vão alguns depoimentos de especialistas para ajudar você a entender essa nova tendência e o potencial da nossa solução:

“A ideia é usar o máximo de coisas comestíveis, encontrar na natureza os ingredientes necessários para cuidar da beleza. Essa filosofia é singela. Não precisamos de um monte de recursos tecnológicos e químicos e de gastar um monte de dinheiro. Para que ter um monte de cosméticos e nem usar, como acontece quase sempre? As pessoas querem sempre o novo. Acho que simplificar é a chave dessa filosofia, e também a busca pela qualidade dos ingredientes. Nada mais simples do que criar seus cosméticos com os alimentos que fazem parte da cozinha.”

“Fizemos o teste na nossa farmácia com a Karité Nillotica e pudemos observar que ela é muito mais fácil de ser manuseada, pois normalmente para ser incorporada em cremes, pomadas e loções com os outros tipos de manteiga precisamos colocar em aquecimento e essa variedade conseguimos incorporá-la sem que precise de aquecimento, tornando assim o processo mais ágil e barato. A variedade Nilotica é de textura mais maleável,calmante da pele, protetora, de boa espalhabilidade, lubrificada em contato com a pele e aroma natural mais vívido e agradável em relação às outras manteigas disponíveis no mercado.”